Voltar...

Forças Armadas mantém atividades para auxiliar vítimas das chuvas



Publicado: Quinta, 30 de Janeiro de 2020, 11h19

Brasília, 30/01/2019 – Militares da Marinha e do Exército prosseguem apoiando as ações para conter os danos provocados pelas fortes chuvas dos últimos dias. Nesta quarta-feira (29), um grupo de militares foi enviado para apoiar na contenção da água de um dique secundário que se rompeu no município de Campos dos Goytacazes (RJ). A situação trouxe risco de alagamento à comunidade de Três Vendas, com cerca de 4 mil habitantes. Os militares da Marinha seguiram para o local acompanhados por integrantes do Corpo de Bombeiros e foram deslocados dois botes da Marinha, um dos bombeiros, além de viaturas.
Em outra frente, integrantes do 38º Batalhão de Infantaria do Exército, localizado em Vila Velha (ES), atuaram na limpeza da rodoviária e de vias e instalações, distribuição de água potável e ações voltadas para segurança alimentar, em Castelo (ES).
Na terça-feira (28), a assistência das Forças Armadas às vítimas das fortes chuvas chegou ao Rio de Janeiro. Militares da Marinha deslocaram-se a Itaperuna (RJ) para apoiar as ações de assistência às vítimas das enxurradas no Norte do Estado. Eles apoiam as atividades de resgaste e de transporte de desalojados e desabrigados, realizam a distribuição de água e alimentos e desobstrução de vias públicas.
Um helicóptero de grande porte auxilia o trabalho feito pela tropa, além disso foram enviados veículos com capacidade de trafegar em qualquer tipo de terreno e uma unidade para atendimento de saúde. Ainda como resposta aos danos causados pelas tempestades, o governo federal monitora, em um Centro de Comando em Brasília, a situação dos desastres causados pelas fortes chuvas no sudeste do país. No local, integrantes de órgãos como os ministérios da Defesa, do Desenvolvimento Regional, da Infraestrutura, Inmet e Defesa Civil reúnem informações para a tomada de decisões mais rápidas.
O Subchefe de Operações de Paz do Ministério da Defesa, General Rolemberg Ferreira da Cunha, explica que a coordenação e a distribuição de tarefas vem sendo realizada pela Defesa Civil. “Os demais órgãos incorporam as atividades da Defesa Civil e estão sendo acionados por demanda”, disse.
Desde quinta-feira (23) as Forças Armadas prestam assistência às vítimas dos temporais no Estado do Espírito Santo. Devido ao grande volume de chuvas, o nível dos rios subiu deixando diversas áreas inundadas. Militares do Exército e da Marinha atuam no socorro de pessoas desalojadas e desabrigadas naquele estado. O General Cunha lista algumas das atividades desenvolvidas pelos militares no Espirito Santo em Iconha, Cachoeiro do Itapemirim e Alfredo Chaves. “Estão fazendo trabalho de limpeza de áreas, desobstrução de vias, distribuição de água e alimentos e transporte de feridos”, ressaltou.
Em Minas Gerais, os militares também ajudaram a retirar pessoas de áreas de risco e apoiaram na distribuição de mantimentos e de medicamentos aos moradores de Contagem e do município de Raposos.
Por Lane Barreto
Fotos: Divulgação
Assessoria de Comunicação Social – Ascom
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071
Fonte: Ministério da Defesa

Postado por 



Voltar...