Hoje, 18 de junho de 2019

Dia Nacional de Combate ao Alcoolismo 18/FEV

Uso problemático de álcool: os excessos na juventude

   O Dia Nacional de Combate ao Alcoolismo é celebrado em 18 de fevereiro, mas não é só nessa data que devemos lembrá-lo e chamar atenção para a conscientização sobre os males causados pelas bebidas alcoólicas. Durante toda a semana em que esse dia ocorre (Semana Nacional de Combate ao Alcoolismo), gostaríamos de atentar para a importância da prevenção ao uso problemático de álcool na juventude, uma vez que o período de 15 a 29 anos é considerado muito suscetível ao consumo abusivo dessa substância.
   Trata-se de um momento em que o jovem começa a lançar mão da cerveja, do chopp ou de outros drinks para “ajudá-lo” nas confraternizações, nos churrascos de fim de semana, depois do futebol ou mesmo para bater um papo. Essa “ajuda”, em geral, diz respeito ao efeito que a bebida alcoólica oferece após as primeiras doses, tornando a pessoa mais alegre e desinibida. Mas, se a bebida pode, a princípio, proporcionar momentos de alegria, seu uso excessivo pode trazer prejuízos.
   O uso abusivo de bebidas alcoólicas, tão frequente nessa faixa etária, pode trazer graves consequências para os jovens, tais como: acidentes de moto, atropelamentos, afogamentos, brigas nas ruas, violência familiar, sexo sem proteção, além de outros problemas de saúde. Afinal, quanto mais o jovem beber, maior a chance de se colocar em situações de risco.
   No contexto da Marinha do Brasil, podemos dizer que o período mais sensível para o consumo abusivo é justamente quando esses jovens ingressam na carreira, pois além de estarem na faixa etária mais propícia para os abusos, trata-se de um momento sensível, quando se distanciam por um longo período de suas famílias, muitas vezes pela primeira vez em suas vidas. Deparam-se, então, com uma grande liberdade e recursos financeiros próprios. É o momento em que devem estar alertas ao uso abusivo de álcool.
A distância da família, a solidão, a adaptação à nova cultura (de outra região do país), a tentativa de socializar, podem favorecer ainda mais a um uso do álcool como válvula de escape para as dificuldades desse momento de adaptação.
   No entanto, é importante ressaltar que nem todos os jovens que bebem vão desenvolver um padrão de uso problemático. Muitas pessoas conseguem fazer uso de bebida alcoólica sem prejuízos para si ou para os que estão a sua volta. Mas, para aqueles que percebem que seu uso tem provocado danos ocasionais como problemas de saúde, acidentes, brigas, endividamento ou dificuldades no ambiente de trabalho, é importante refletir sobre seu padrão de consumo e, se necessário, buscar orientação especializada. Afinal, se essas pessoas não se cuidarem, a situação pode evoluir para o quadro mais grave do uso do álcool, o alcoolismo.
   O Espaço Consciência e Cuidado, localizado no Hospital Central da Marinha (HCM), oferece tratamento especializado e orientação para aqueles que apresentem uso problemático de álcool ou outras drogas, assim como para os que possuem familiares lidando com essas questões. Mais informações podem ser obtidas pessoalmente ou pelo telefone 2104-5588.
Priscilla Corrêa de Oliveira Capitão de Corveta (S) Conselho Editorial Saúde Naval

Fonte: Saúde Naval

Postado por 

Comentários fechado.

Publicações


Outros Links

Regionais


Secretaria da AVCFN

Telefones para contato:
(21) 99076-6701
(21) 99076-6585

Email:
gerente@avcfn.com.br

Fale conosco da AVCFN

faleconosco@avcfn.com.br

Pesquisar