Hoje, 25 de novembro de 2017

59º Aniversário da Divisão Anfíbia – CFN

MARINHA DO BRASIL

BOLETIM DE ORDENS E NOTÍCIAS

COMANDO DA DIVISÃO ANFÍBIA

RIO DE JANEIRO, RJ.

Em 22 de abril de 2016.

ORDEM DO DIA Nº 1/2016

Assunto: 59º Aniversário da Divisão Anfíbia

  1.  

Hoje a Divisão Anfíbia completa 59 anos de existência.

Sua origem foi o Núcleo da Primeira Divisão de Fuzileiros Navais, criado em 1957, por meio de Decreto do Presidente Juscelino Kubitschek, tendo como primeira sede duas salas do Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais situado, à época, na Rua do Acre, no centro do Rio de Janeiro. Em 1967, o Núcleo da Primeira Divisão de Fuzileiros Navais foi transferido para o Campo de Instrução da Ilha do Governador, ocupando a residência oficial do Ministro da Marinha.

Desde então, a Divisão Anfíbia vivenciou notável evolução em organização, efetivos, equipamentos e equipagens, mercê do comprometimento e do incansável trabalho dos Comandantes e das tripulações que nos antecederam e a quem dedicamos, no dia de hoje, especiais reconhecimento e homenagem. Essência do Poder de Combate dos Fuzileiros Navais, cabe à Divisão Anfíbia nuclear os Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais por meio das suas Unidades subordinadas, provendo-lhes, também, os necessários apoio de fogo, ação de choque, mobilidade, proteção blindada, antiaérea e meios de comando e controle.

Ao longo da última década e de maneira ininterrupta, Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais nucleados pela Divisão Anfíbia integram a Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti; participaram, com destaque, de Operações de Garantia da Lei e da Ordem em apoio aos Órgãos de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro; e estiveram presentes, de maneira decisiva, na segurança de todos os grandes eventos realizados no País.

O exercício de capacidades nesse amplo espectro de cenários evidencia o elevado grau de preparo e profissionalismo das forças de Fuzileiros Navais, decorrente de um exigente programa de adestramento, com emprego de munição real, nos mais diversos ambientes operacionais.

Adicionalmente, a manutenção das capacidades anfíbia e expedicionária, vocações originárias do Corpo de Fuzileiros Navais, é objetivo permanente, alcançado por meio da realização de exercícios de Operações Anfíbias, com o indispensável concurso dos meios navais e aeronavais da Esquadra.

Fuzileiros Navais integrantes de todas as tripulações da Divisão Anfíbia: cabe-nos a responsabilidade de preservar o admirável legado de nossos antecessores; a obrigação de mantermos em elevado nível as nossas capacidades; e, sobretudo, fortalecer continuadamente o Espírito de Corpo que nos é característico, fator multiplicador do nosso Poder de Combate.

Parabéns Divisão Anfíbia, por mais um aniversário!

ADSUMUS!

CESAR LOPES LOUREIRO

Contra-Almirante (FN)

Comandante

Extrato do BONO Nº 289 DE 22 DE ABRIL DE 2016

Por Lucio Lucena

Assessor da Presidência da AVCFN, Editor do Blog

www.sacomucho.blogspot.com

Comentários fechado.

Publicações


Outros Links

Regionais


Secretaria da AVCFN

Telefones para contato:
(21) 99076-6701
(21) 99076-6585

Email:
gerente@avcfn.com.br

Fale conosco da AVCFN

faleconosco@avcfn.com.br

Pesquisar